sexta-feira , 23 junho 2017

18 de maio – Dia Nacional de combate ao abuso e à exploração sexual de Crianças e adolescentes

Neste dia 26 de maio, a Prefeitura de Manaíra, por meio da Secretaria de Ação Social e o CREAS, Polo Manaíra, realizaram uma caminhada pelas principais ruas da cidade com o intuito de levar à toda sociedade manairense informações referentes à prevenção ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes. Essa ação faz parte da campanha  18 de maio – FAÇA BONITO, coordenada pelo CREAS, com o apoio das Secretarias de Ação Social, Secretaria de Saúde e Secretaria de Educação, através do CRAS, Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, NASF, Agentes Comunitários de Saúde, Escola Municipal, Escolas Estaduais, Creche Municipal e Conselho Tutelar, cujo desde o dia 02 de maio vem realizando palestras, reuniões e rodas de conversas com profissionais da Saúde, professores, pais de alunos e público em geral, culminando no dia 26 de maio com o ato de repúdio nas principais ruas com a presença de toda comunidade local, bem como toda a rede de serviços do município.

Nesse 18 de Maio se realiza o 17º ano de mobilização no “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”, instituído pela Lei Federal 9.970/00. O Dia 18 DE MAIO, é uma conquista que demarca a luta pelos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes no território brasileiro e que já alcançou nesses 17 anos muitos municípios do nosso país.

 

A cada ano temos registrado uma adesão maior de municípios na mobilização em torno do “18 de Maio” por meio de caminhadas, audiências públicas, debates nas escolas, concurso de redação nas escolas, exibição de filmes e debates, realização de seminários e oficinas temáticas e de prevenção a violência sexual, panfletagem, criação de produtos de comunicação sobre a temática, campanhas nas rádios e entrevistas com especialistas entre outros. Esse dia foi escolhido porque em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória (ES), um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “Caso Araceli”. Esse era o nome de uma menina de apenas oito anos de idade, que teve todos os seus direitos humanos violados, foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta daquela cidade. O crime, apesar de sua natureza hedionda, até hoje está impune. A proposta do “18 DE MAIO” é destacar a data para mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos sexuais de crianças e adolescentes. É preciso garantir a toda criança e adolescente o direito ao desenvolvimento de sua sexualidade de forma segura e protegida, livres do abuso e da exploração sexual.

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top